O Modicus venceu esta quinta-feira o Leões de Porto Salvo por 8-7 nos pénaltis, depois do empate 3-3 no tempo regulamentar, em jogo dos quartos de final da Taça da Liga de futsal, garantindo o apuramento para as meias-finais.

A formação do Modicus marcou primeiro por Joel Queirós (três minutos) e ampliou por Willian Carioca (10). Na segunda parte, Danny reduziu para 2-1 (30), Óscar Santos voltou a colocar o Modicus com dois golos de diferença (35), mas Dura e Fábio Aguiar (37 e 39) fizeram o empate a três golos no fim dos 40 minutos.

No desempate por penáltis, Djô falhou o pénalti decisivo para o Leões de Porto Salvo e o Modicus avança para as meias-finais da Taça da Liga, nas quais vai defrontar o vencedor do jogo Futsal Azeméis-Benfica.

O Modicus entrou a 'todo o gás' na partida e, aos três minutos, o experiente Joel Queirós abriu o ativo, numa 'bomba' de fora da área, à qual Bebé nem esboçou reação.

O Leões de Porto Salvo procurou reagir rapidamente, mas a equipa orientada por Rodrigo Pais de Almeida mostrou-se pouco esclarecida na hora de finalização e foi o Modicus a aumentar para 2-0, aos 10 minutos: de costas para a baliza, o pivot Willian Carioca recebeu, rodou e rematou colocado, mais uma vez sem qualquer hipótese de defesa para Bebé.

Na segunda parte, com 10 minutos para fechar o encontro, o Leões de Porto Salvo reduziu para 2-1 e deu outra emoção ao jogo até final. Danny, num remate de meia distância, reduziu para a equipa de Oeiras e deixou o resultado em aberto, com o Modicus a acusar algum desgaste.

Aos 34, com o Leões de Porto Salvo balanceado no ataque para chegar ao empate, Óscar Santos recuperou a bola na defesa, dirigiu-se até à baliza de Bebé e fez o 3-1, dando uma forte 'machadada' nas aspirações da equipa da 'linha'.

Ainda assim, aos 37 minutos, Dura fez o 3-2 e voltou a colocar o Leões de Porto Salvo a apenas um golo de diferença do Modicus. João Silva rematou, a bola saiu desviada e Dura fez a emenda à boca da baliza.

Com apenas um minuto para jogar, o Leões de Porto Salvo conseguiu mesmo o empate a três bolas, a jogar em cinco para quatro: Danny fez a assistência e Fábio Aguiar empurrou para o fundo da baliza do desesperado Rui Cardoso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.