O guarda-redes Eduardo Sousa, conhecido por Edu, considera que nenhum dos guarda-redes da seleção portuguesa de futsal, que iniciou hoje a etapa final de preparação para o Mundial2021, parte em vantagem em relação à titularidade.

“Nenhum de nós parte em vantagem, mas quem jogar terá o apoio dos outros dois guarda-redes, que formam uma família dentro da família da seleção. Se jogo eu, o Vítor Hugo ou o Bebé, para mim é igual. Eu quero é que Portugal ganhe e se eu estiver de fora, vou estar a apoiar ao máximo o meu companheiro que está lá dentro”, disse Edu, que não quer dar palpites sobre qual será a opção do selecionador Jorge Braz em relação à titularidade na baliza.

O guarda-redes dos espanhóis do Viña Valdepeñas, que dividiu o tempo de jogo em cada uma das sete partidas de preparação, juntamente com os outros dois guarda-redes convocados, ‘passa a bola’ ao selecionador: “Aí já é trabalho do ‘mister’, ele é que tem de decidir quem acha que está melhor ou quem ele quer colocar em campo, de acordo com as características do jogo. Esse é o trabalho dele. Nós os três demos o máximo sempre, em todos os jogos. Houve jogos em as coisas correram melhor e outros em que correram pior, mas deixamos essa decisão para o ‘mister’”.

Para Edu, que soma oito internacionalizações por Portugal, a seleção já está ‘no ponto’.

“Sabíamos que ia ser uma preparação muito difícil, com muitos treinos… que íamos ter a pernas um pouco pesadas. Acabámos a quarta semana e já estamos plenamente em forma para ir ao Mundial, para competir e dar o nosso melhor”, sustentou, citado no sítio oficial da Federação Portuguesa de Futebol.

A seleção lusa voltou a concentrar-se hoje, iniciando a quinta semana de preparação para o Mundial2021, na Lituânia, que se disputa entre os dias 12 de setembro e 03 de outubro, nas cidades de Vilnius, Kaunas e Klaipeda.

Depois de quatro semanas de trabalhos, duas em Rio Maior e outras duas em Viseu, e de sete jogos de preparação frente a Japão (3-2), Venezuela (2-1), Angola (4-3), Uzbequistão (1-3), Costa Rica (5-0) e do Paraguai (2-1 e 2-1), a comitiva lusa concentrou-se na Casa dos Atletas, na Cidade do Futebol, em Oeiras, onde vai cumprir a última etapa de preparação para o Mundial, estando programados três treinos no Pavilhão dos Leões de Porto Salvo antes da viagem para a Lituânia, na quinta-feira, pelas 11:00.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.