O selecionador Jorge Braz chamou 15 jogadores para os dois jogos particulares frente aos Países Baixos, os primeiros após Portugal ter conquistado o Mundial de futsal e o abandono de Ricardinho, divulgou hoje a Federação Portuguesa de Futebol.

Em comparação com a equipa que ganhou o título mundial, na Lituânia, além de Ricardinho, Braz retirou da convocatória Bebé, Afonso Jesus, Pany Varela e Vítor Hugo e chamou Edu, Nilson, Mário Freitas e Silvestre.

A seleção portuguesa atua nos Países Baixos em 15 e 16 de novembro, com dois jogos que vão servir de preparação para a fase final do Euro2020, que arranca a 16 de janeiro, precisamente, em terras holandesas e onde a equipa lusa vai defender o título europeu conquistado em 2018.

Num torneio que vai decorrer em Amesterdão e Groningen, os Países Baixos são mesmo adversários de Portugal no Grupo A, juntamente com a Ucrânia. Sérvia e Bielorrússia vão ainda lutar pela restante vaga na fase final.

Os dois particulares marcam o regresso à competição de Portugal depois de ter conquistado o Campeonato do Mundo e serão os primeiros jogos sem Ricardinho, o agora antigo capitão, que esta semana anunciou a sua retirada da equipa das ‘quinas’.

A equipa de Jorge Braz joga em 15 de novembro em Almere (18:00, hora de Lisboa) e o encontro de dia 16 será em Zeist (15:00).

Confira os convocados

Guarda-redes: André Sousa (Benfica) e Edu (Valdepeñas).

Fixos: André Coelho (FC Barcelona), João Matos (Sporting), Nilson (Benfica) e Tomás Paçó (Sporting).

Alas: Bruno Coelho (Nápoles), Mário Freitas (Fundão), Miguel Ângelo (Sporting), Pauleta (Sporting), Silvestre (Benfica) e Tiago Brito (Sporting de Braga).

Universais: Erick (Sporting) e Fábio Cecílio (Sporting de Braga).

Pivôs: Zicky (Sporting).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.