Vítor Hugo, guarda-redes do Sporting de Braga e da seleção nacional de futsal, decidiu colocar ponto final na sua carreira, anunciou hoje, em comunicado, o clube minhoto.

O jogador, de 39 anos, foi internacional por 78 vezes e campeão europeu, em 2018, e mundial, em 2021. Além da baliza da seleção, defendeu as cores do Boavista, Fundação, Benfica, Rio Ave e Sporting de Braga.

No Sporting de Braga, onde estava desde 2014, foi importante para a conquista do vice-campeonato de 2016/2017 e para a presença do clube na Liga dos Campeões de futsal e finais da Taça de Portugal e da Taça da Liga.

Chegou a ser campeão nacional e vencedor da Taça e Supertaça na época 2011/2012, quando estava ao serviço do Benfica.

Os ‘arsenalistas’ agradecem a Vítor Hugo “pela dedicação, empenho e profissionalismo com que sempre representou a instituição”.

A Federação Portuguesa de Futebol, através de uma nota do seu presidente, Fernando Gomes, também destaca a “brilhante carreira” do jogador, a quem agradece e deseja “as maiores felicidades”, antevendo “igual brilhantismo nos caminhos que agora trilhar”.

“É com um sentimento de enorme gratidão que saúdo o Vítor Hugo no dia em que foi anunciada a sua retirada do futsal. Guarda-redes de enorme talento, garra e dedicação, foi igualmente um jogador de insuperável generosidade: além de se sagrar Campeão Europeu e Mundial, teve, através do seu espírito de equipa e na sua habitual discrição, um contributo superlativo na formação e afirmação dos seus colegas”, refere a nota.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.