Um jornalista do zerozero foi vítima de agressões verbais por parte da equipa técnica do Benfica, no final do Sporting-Benfica em futsal, mas o clube já contactou o 'site', disse hoje o diretor do título à Lusa.

"No final da conferência de imprensa o nosso jornalista fez uma pergunta sobre transição defensiva", num jogo em que o Sporting venceu o clube da Luz por 4-2, e "a equipa técnica que estava na sala foi" ao seu encontro e teve "uma postura intimidatória", resumiu Luís Paulo.

As reações ao polémico lance da final da Taça da Liga: a revolta encarnada e o pedido desculpas de Taynan... apagado
As reações ao polémico lance da final da Taça da Liga: a revolta encarnada e o pedido desculpas de Taynan... apagado
Ver artigo

O responsável adiantou que o Benfica já contactou o órgão de comunicação social 'online' e que manifestou uma posição "compreensiva" em relação ao assunto. Apesar de não ter sido apresentada queixa ao Sindicato dos Jornalistas (SJ), a situação já foi abordada entre a direção do zerozero e do da estrutura sindical, adiantou.

No 'site', o zerozero refere que "o incidente mancha o nome da instituição da Luz e só pode merecer absoluta reprovação por parte da administração e da direção de informação" daquele título.

De acordo com o órgão de comunicação social, tudo aconteceu no pavilhão da Póvoa de Varzim, "nos momentos que se seguiram à conferência de imprensa de Mário Silva, treinador do Benfica".

Benfica exige repetição da final da Taça da Liga de futsal
Benfica exige repetição da final da Taça da Liga de futsal
Ver artigo

O 'site' de informação recorda que "o Sporting venceu por 4-2, conquistou o troféu, mas o lance que está a dar que falar envolveu Taynan, que saiu do banco de suplentes para invadir a quadra e cortar um contra-ataque dos encarnados a cerca de minuto e meio do final, numa altura em que Merlim estava caído com queixas".

Ora, "no final da partida, o zerozero, presente no local, lançou de imediato a crónica alusiva ao encontro" e "na capa da mesma, uma foto de Taynan nos festejos do primeiro golo".

No final do jogo, o treinador do Benfica, Mário Silva, falou na conferência de imprensa, tendo respondido às questões "de forma respeitosa e expondo o seu ponto de vista", lê-se na nota publicada no zerozero.

"No momento em que a conferência de imprensa terminou e as câmaras se desligaram, o 'staff' técnico do Benfica, que se colocou no fundo da sala de imprensa, abordou o jornalista do zerozero no local e exigiu justificações sobre o porquê da foto de capa pertencer a Taynan, o jogador envolto na polémica e que foi, inclusive, apelidado de 'vândalo' e 'batoteiro'", relata o 'site'.

Sporting vence Benfica e conquista a Taça da Liga
Sporting vence Benfica e conquista a Taça da Liga
Ver artigo

O jornalista tentou explicar o porquê da foto - "e foi exatamente essa que o zerozero tentou passar aos adjuntos de Mário Silva, que não se mostraram particularmente interessados em ouvir".

Entretanto, o técnico, "que já se dirigia para a saída, ao aperceber-se do que se passava no fundo da sala, parou junto à porta e juntou-se ao ataque verbal", aproveitando a situação para "proferir frases como 'por isso é que fizeste aquela pergunta falaciosa', 'promoveste um batoteiro' ou 'tens mau caráter'", relata o zerozero.

O órgão de comunicação social destaca ainda a "postura correta do assessor de imprensa do Benfica, Rui Mendes, que desde o primeiro sinal de confusão procurar serenar os ânimos e retirar a equipa técnica das águias do local".

O jornalismo "atravessa dias decisivos e o zerozero continuará a tratá-lo com o cuidado que este nos exige. Sempre a pensar nos nossos milhares de leitores", conclui.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.