Marcão está de volta ao futsal português mas para defender as cores Sporting. O guarda-redes brasileiro já defendeu as cores do Benfica mas na hora de voltar a Portugal, optou por representar o rival Sporting. Numa conversa com os jornalistas antes de mais um treino do Sporting, o jogador contou que ainda nem pensou na hora de defrontar o seu antigo clube.

"Ainda nem pensei nisso [receção quando defrontar o Benfica]. Penso apenas em trabalhar, evoluir e ajudar o Sporting. Ainda não tive tempo de pensar no Benfica", contou Marcão, que não vê o seu anterior clube como inimigo.

"Já falei com alguns jogadores do Benfica, que me desejaram boa sorte, até porque não somos inimigos. Somos adversários mas a amizade continua fora da quadra", sublinha Marcão.

O guarda-redes brasileiro contou que muitos fatores pesaram na hora de decidir em voltar à Lisboa. Entre eles uma conversa com Divanei.

"Meu filho nasceu em Lisboa, tenho aqui grandes amigos e não poderia rejeitar uma proposta de um clube como o Sporting. Falei antes com o Divanei que me disse: ´Nem penses duas vezes, vai logo que la é tudo muito bom`, então aceitei", contou o guarda-redes.

O brasileiro já começou a sentir o carinho dos adeptos leoninos. Marcão espera retribuir tudo no final da época com a conquista do título.

"Fui muito bem recebido, não só pelo grupo de trabalho mas também pelos adeptos que me trataram com carinho. Espero poder retribuir todo o carinho recebido no final do campeonato", desejou.

Os “leões” continuam a preparar a nova época, com treinos no Multiusos de Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.