Depois de uma primeira parte para esquecer onde a Rússia chegou a uma vantagem de 3-0, a seleção nacional conseguiu dar a volta por cima e a 16 segundos do fim chegou ao empate, por intermédio de João Matos.

O internacional português salientou a vontade e o querer dos jogadores no segundo tempo: « Com uma desvantagem de 3-0 ao intervalo sabíamos que era complicado, mas com um grande caráter e uma grande vontade conseguimos dar a volta e igualar a partida».

João Matos estava satisfeito com o golo apontado, porém lamenta que Portugal não tenha atingido a vitória: «A nível pessoal foi importante marcar este golo. Mas só a vitória nos interessava».

Em jeito de conclusão, o jogador frisou que Portugal quer continuar a afirmar-se como uma das melhores seleções do Mundo.

«Portugal tem que se assumir como uma das melhores seleções do Mundo e é para isso que trabalhamos. Estamos a conseguir e os resultados traduzem isso», rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.