Novo jogo entre as seleções de futsal de Portugal e Itália e novo empate a um golo, desta feita no pavilhão Municipal de Matosinhos.

Portugal só se pode queixar de si próprio por não ter alcançado a sua primeira vitória no historial de confrontos com Itália. A seleção apresentou um maior domínio, uma maior dose de oportunidades, mas pecou na hora da finalização.

Primeira parte: 

Portugal entrou bem no encontro e com muito sentido de baliza. Ricardinho e Cardinal testaram a atenção do guarda-redes Mammarella. A Itália respondeu por Patias a rematar forte, tendo João Benedito desviado a bola para a barra.

A equipa das quinas tinha mais posse de bola e chegava mais vezes à baliza contrária, ao passo que o seu adversário fazia o seu jogo habitual: resguardava-se na zona defensiva de 10 metros e procurava surpreender nas transições rápidas.

Foi assim que, através de Fortino (9’), a seleção transalpina chegou ao golo inaugural. Ercolessi fez um cruzamento/remate e Fortino desmarcou-se, por entre Paulinho e Ricardo Fernandes desviando a bola para o fundo das redes.

Em desvantagem, a seleção nacional intensificou a pressão e esteve várias vezes perto de igualar o encontro, mas o desacerto dos jogadores e as boas intervenções de Mammarella fizeram o intervalo chegar com a vantagem italiana (1-0).

Segunda parte

A segunda metade do jogo começou com Ippoliti a testar as qualidades do guarda-redes André Sousa, recém-entrado na partida.

Portugal demorou alguns minutos a encontrar-se e só a partir dos 28 minutos começou a ter oportunidades de golo muito por culpa de Joel Queirós que surgiu em bom plano nesta fase do jogo.

O golo português adivinhava-se e acabou por chegar, pouco depois, por João Matos. Os italianos provaram, nessa altura, do próprio veneno com os portugueses a marcarem fruto de uma transição rápida.

O jogo terminou com a seleção lusa em cima do adversário, fazendo adiantar o guarda-redes André Sousa, mas sem efeitos práticos no resultado.

Eleva-se para treze o número de jogos entre Portugal e Itália, continuando os comandados de Jorge Braz sem somar qualquer triunfo. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.