O treinador Nuno Dias alertou hoje para a qualidade que os franceses do ACCS Asnières Villeneuve deverão apresentar na meia-final da Liga dos Campeões de futsal, mas assegurou que o Sporting, campeão em título, vai apresentar-se preparado.

Os ‘leões’, que conquistaram duas das três últimas edições da competição, em 2019 e 2021, vão enfrentar na meia-final os franceses do ACCS Asnières Villeneuve, equipa do português Ricardinho e que foi repescada devido à exclusão dos russos do Tyumen, chegando a esta fase da prova pela primeira vez.

“Não é por acaso que aqui estão. Foram o melhor segundo classificado e com todo o mérito conseguiram a presença nesta fase final da competição. Têm muita qualidade coletiva e individual, juntamente com a qualidade que o seu treinador tem”, começou por dizer o técnico ‘leonino’, na conferência de antevisão ao confronto agendado para sexta-feira, na Arena de Riga, na Letónia.

Para contrariar as adversidades esperadas, Nuno Dias pede um Sporting competente e deixa claro que a concentração está apenas neste jogo.

“Esperamos um jogo difícil. Qualquer equipa que chegue a esta fase tem de ter muita qualidade e vamos estar preparados para as dificuldades. Vamos encarar o jogo como uma final, que não haverá [para o Sporting] se não formos competentes na meia-final de amanhã [sexta-feira]. O foco é só no ACCS. Penso que estamos preparados”, garantiu, admitindo ainda estar “desconfiado relativamente ao que o adversário poderá apresentar” na quadra.

Por sua vez, o experiente fixo João Matos, de 35 anos, sublinhou as palavras do seu timoneiro e lembrou que o confronto recente pode ajudar os ‘leões’ a preparar melhor a meia-final.

“Será sempre um jogo complicado, tem muita qualidade individual, jogadores extremamente experientes e outros irreverentes. O Sporting está muito confiante e determinado para o objetivo, mas ciente das dificuldades. Já os defrontámos esta época e temos algo para trabalhar em cima. Daremos tudo o que temos para conseguir a vitória”, afirmou o capitão ‘leonino’.

Do outro lado, estará o antigo colega de seleção Ricardinho, que será “uma mais-valia e mais um jogador com muita qualidade a ter em conta”, mas que “não vai resolver o jogo sozinho”.

Nas últimas cinco épocas, o Sporting marcou presença em quatro finais, com duas vitórias e duas derrotas no jogo decisivo, somando ainda uma outra final perdida em 2010/11.

O jogo entre o Sporting e o ACCS Asnières Villeneuve está agendado para sexta-feira, pelas 16:00 (horas em Lisboa), na Arena de Riga, na Letónia, palco da final, no domingo, pelas 16:00.

Na outra meia-final, o Benfica, que já venceu uma vez o troféu, vai enfrentar os espanhóis do FC Barcelona, que somam três cetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.