O técnico do Sporting dividiu esta partida em dois  momentos.

Paulo Fernandes reconheceu que a sua equipa entrou mal na partida e, nesse sentido, afirmou que o empate a um golo ao intervalo não era um resultado justo: "Penso que na primeira parte o resultado terá sido lisonjeiro para nós, já que o Benfica teve as melhores oportunidades. No entanto, acabou por premiar o facto de nós acreditarmos sempre até ao fim que era possível".

Na segunda parte tudo foi diferente, o Sporting foi mais pressionante e conseguiu soltar-se. A essa mudança de atitude não foi indiferente a mensagem deixada pelo técnico ao intervalo: "Aquilo que lhes disse ao intervalo era para que jogassem com mais alegria, que se desinibissem e que mostrassem porque é que somos candidatos ao título. Penso que a diferença esteve aí, os jogadores soltaram-se muito mais".

Em jeito de conclusão, Paulo Fernandes reconheceu que o empate a dois golos é "um resultado que se ajusta".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.