Está conhecido o primeiro finalista do Europeu de Futsal de 2022. A Rússia levou a melhor sobre a Ucrânia e aguarda agora pelo desfecho da outra meia-final, mais logo, entre Portugal e Espanha, para saber quem vai ter pela frente na final da prova.

A Rússia aguentou firme o tudo por tudo final da Ucrâia, que até falhou um penálti no derradeiro minuto, e garantiu a presença na sua sétima final onde, no domingo, enfrentará Portugal ou a Espanha. Os russos vão procurar o seu segundo título europeu, após terem conquistado o troféu em 1999. Já a Ucrânia, surpreendeu tudo e todos neste torneio, naquela que foi a sua melhor campanha em 17 anos, mas vai ter de se contentar agora em lutar pelo bronze, também no domingo, antes da grande final.

Num jogo aguardado com especial expetativa também pelo que se vai passando a nível política entre Rússia e Ucrânia, os russos entraram melhor e marcaram cedo, com Sokolov a aproveitar um erro do guarda-redes contrário para abrir o marcador. Pouco depois, Afanasyev dilatou a vantagem na recarga a um primeiro cabeceamento à trave, mas os ucranianos reagiram e reduziram ainda antes do intervalo, por Siryi.

A meio da segunda parte, um extraordinário golo de Niyazov, de pontapé de bicicleta, recolocou a Rússia a ganhar por dois golos de diferença, mas a Ucrânia não baixou os braços. Abakshyn reduziu para 2-3 e à entrada para o minuto final o empate esteve à vista, mas Shoturma permitiu a defesa do guarda-redes da Rússia e o resultado não sofreu mais alterações.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.