Jorge Braz não quis apontar nada aos seus jogadores e assumiu para si todas as culpas da derrota e consequente eliminação do Europeu de futsal, a decorrer na Croácia.

«O único culpado sou. Fomos penalizados com erros básicos que não podemos cometer. O líder sou eu. Se isto não chegou, há sempre coisas diferentes a fazer», disse o selecionador no final do encontro, em conferência de imprensa.

Ainda assim, elogiou a equipa das quinas: «É uma equipa fantástica. Eles fizeram tudo o que podiam fazer,  tiveram um boa preparação e fizeram três bons jogos no Europeu».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.