Os treinadores das quatro equipas presentes na "final a quatro" da 16.ª edição da Taça de Portugal de futsal, a decorrer no fim de semana no Pavilhão Multiusos de Guimarães, acreditam num bom desempenho dos seus jogadores.

Na conferência de imprensa, realizada hoje em Guimarães, os treinadores de Sporting, Sporting de Braga, Fabril do Barreiro e Dramático de Cascais fizeram a sua antevisão da prova e mostraram-se confiantes.

O timoneiro do Sporting, Nuno Dias, assumiu o «favoritismo» da sua equipa e transmitiu a ambição de conquistar o primeiro troféu de uma época na qual a turma "verde e branca" tem feito um percurso vitorioso - apenas perdeu um jogo para o campeonato, com o Rio Ave.

«Temos de vencer a Taça de Portugal e o campeonato nacional. Até agora, fizemos um excelente trajeto, mas que não tem significado, se não se traduzir em títulos», disse o técnico "leonino".

Os "leões" defrontam no sábado o Dramático de Cascais, que se estreou, nesta época, na I Divisão. O técnico André Guimarães admitiu que o Sporting era o adversário menos desejado para as meias-finais, mas reiterou que a sua equipa tem hipóteses de vencer a Taça de Portugal.

«Não vou ser hipócrita ao ponto de dizer que ficámos satisfeitos com o sorteio, mas acredito que é menos difícil ganhar ao Sporting no sábado do que no domingo. E, se amanhã (sábado) vencermos, dificilmente não ganharemos a Taça», frisou.

Fabril do Barreiro e Braga jogam a outra meia-final. A formação barreirense, também estreante no principal escalão do futsal português, bateu os bracarenses nos dois jogos disputados para o campeonato, embora para Náná, treinador do Fabril, o adversário continue a ser favorito para o duelo de sábado.

«Temos 40 por cento de hipóteses de vencer, porque estamos na máxima força, preparámos muito bem esta prova e estamos aqui para dificultar ao máximo o favoritismo do Braga», afirmou.

O Sporting de Braga, que eliminou nos quartos de final o Benfica, atual detentor da Taça de Portugal, procura vencer a meia-final, antes de pensar no jogo decisivo. O técnico Paulo Tavares ainda não sabe se pode contar com alguns jogadores com limitações físicas.

«As expetativas passam por vencer o Fabril, que, no último fim de semana, nos venceu com mérito, apesar de termos apresentado uma equipa muito limitada. Esse é o grande objetivo do Braga, para já, nesta competição», garantiu.

As meias-finais da competição estão agendadas para sábado. Entram primeiro em acção Sporting e Dramático de Cascais, pelas 15h00, enquanto, às 17h15, Fabril e Braga/AAUM discutem a segunda vaga na final de domingo, que se inicia às 14h20.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.