Filipe Lima posicionou-se acima do cut no torneio “Portugal Masters” com um total de 134 pancadas, 10 abaixo do PAR.

Neste segundo dia de torneio, o jogador concretizou uma volta de 64 pancadas (-8), tendo alcançado 1 eagle no 17º buraco e 6 birdies, distribuídos pelos 2º, 3º, 5º, 6º, 9º e 12º buracos.

Esta prestação, em conjunto com a do dia de ontem (70 pancadas, 2 abaixo do PAR), provou ser mais do que suficiente para permitir a passagem do jogador às duas voltas finais do torneio.

“Estou muito contente com o dia de hoje. Foi uma volta sem erros e senti-me muito bem a jogar. Foi umas das melhores voltas de sempre da minha carreira e vou procurar manter-me assim para o fim-de-semana”, afirmou Filipe Lima após concluir o 2º dia de prova.

 Também Ricardo Santos passou, pela primeira vez, o cut do Portugal Masters, com um total de 138 pancadas, 6 abaixo do PAR.

Neste segundo dia de prova, o atleta repetiu as 69 pancadas concretizadas ontem, tendo realizado 3 birdies logo no início do jogo, nos primeiros 3 buracos e ainda outro no 12º e 1 bogey.

“Sinto-me muito bem, fiz uma preparação especial para o Portugal Masters, tendo treinado sobretudo o jogo curto. Ficaria muito feliz se conseguisse acabar o torneio com 16 pancadas abaixo do PAR”, afirmou Ricardo Santos após concluir a 2ª volta.

A competição continua este sábado no Ocêanico Victoria em Vilamoura, Algarve.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.