O português Filipe Lima subiu esta quinta-feira ao 14.º lugar da Grande Final do ‘Challenge Tour’, torneio que reúne os 45 melhores golfistas deste circuito, depois de ter marcado 68 pancadas (quatro abaixo do Par) na segunda volta.

No Almouj Golf, no sultanato de Omã, Filipe Lima marcou hoje cinco ‘birdies’ (uma pancada abaixo) e um ‘bogey’ (uma acima), somando um agregado de 139 pancadas (-5), que lhe permitiu subir do 22.º para o 14.º posto da classificação.

Filipe Lima ocupa a 12.ª posição do ‘ranking’ do ‘Challenge Tour’, a segunda divisão do circuito profissional europeu e, caso se mantenha entre 15 primeiros após o torneio, assegura o regresso ao European Tour, circuito no qual se estreou em 2004.

“Joguei melhor hoje, só fiz um ‘bogey’, não falhei muitos ‘shots’, e fiz um bom ‘birdie’ no 17. (...) Estou a tentar jogar o meu jogo e a alcançar a melhor classificação possível. Está muito calor, está a custar um bocadinho, mas as condições são iguais para todos”, disse Filipe Lima, em declarações à Federação Portuguesa de Golfe.

O outro português em prova, Ricardo Santos, manteve a 38.ª posição, depois de ter marcado 71 ‘shots’ (um abaixo) – com dois ‘birdies’ e um ‘bogey’ - e segue com um agregado de 144 pancadas, ou seja, o Par do campo.

No ano passado, no mesmo campo, o português Ricardo Melo Gouveia sagrou-se campeão do ‘Challenge Tour’ de golfe ao vencer a Grande Final, e tornou-se o primeiro português a ganhar a ordem de mérito de um circuito internacional.

A Grande Final é liderada pelo alemão Bernd Ritthammer, que segue com um agregado de 131 pancadas (13 abaixo do par), depois de ter marcado 67 e 64 pancadas nas duas voltas disputadas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.