Os golfistas Ricardo Melo Gouveia, Tomás Bessa e Ricardo Santos estão dentro do ‘cut’ provisório do 16.º Portugal Masters e hoje vão lutar, no Dom Pedro Victoria Golf Course, pela manutenção no torneio, liderado pelo inglês Jordan Smith.

Melo Gouveia ocupa a 14.ª posição do ‘leaderboard’, após as 66 pancadas na abertura, cinco abaixo do Par, enquanto Tomás Bessa figura no 29.º posto, com 67 ‘shots’ (-4), e Ricardo Santos ocupa a 57.ª posição, no limite do ‘cut’, ao contabilizar 69 pancadas, duas abaixo do Par do campo.

Já Tomás Gouveia, apesar de ter fechado a primeira volta com 70 pancadas (-1) e de ter ficado fora do lote provisório dos 65 melhores jogadores e empatados, está à distância mínima de alcançar a qualificação para as últimas duas voltas da prova dotada de dois milhões de euros em prémios monetários.

Enquanto Pedro Figueiredo, que encerrou os primeiros 18 buracos no Par do campo, vai jogar também hoje para tentar passar o ‘cut’ do único evento português do DP World Tour, o inglês Jordan Smith tem a missão de tentar conservar a liderança, conquistada com 62 pancadas (-9), uma de vantagem sobre o neerlandês Joost Luiten e o dinamarquês Jeff Winther, segundos classificados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.