O último dia de prova foi afectado pelo mau tempo e trovoada que obrigaram a uma paragem de 1h50 entre as 10h30 e as 12h10.

Retomada a competição o jogador francês revelou-se uma surpresa já que nos três primeiros dias fez voltas de 71, 72 e 67, um total de 210 pancadas 4 abaixo que nem o punham no top ten.

Na final deu a volta ao resultado e acabou por passar à frente do seu compatriota Alexander Levy que arrancou para a última volta com 12 abaixo.

A França foi na realidade a grande vencedora da competição ao arrecadar os três lugares do pódio. Joel Stalter que nos três primeiros dias registou 212 pancadas fez uma excelente última volta de 65 pancadas, 4 abaixo, e subiu para o 2º lugar com 277 pancadas, 11 abaixo.

Logo a seguir ficou o líder da 3ª volta Alexander Levy que não esteve tão bem na final. Fez 73 pancadas, uma acima e acabou com 11 abaixo do par do campo no total dos quatro dias.

Quanto à prestação portuguesa, Manuel Violas foi o melhor português em prova. Arrancou para a final na 4ª posição com 209 pancadas, 7 abaixo, só que  teve uma pior última volta de 74 pancadas, 2 acima. Acabou na 12ª posição com 283, 5 abaixo.

Tiago Rodrigues e Tomás Silva, os outros dois portugueses presentes na final, acabaram respectivamente na 33ª e na 35ª posição.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.