O golfista belga Thomas Pieters, que recentemente se tornou no melhor estreante da Ryder Cup, vai participar no Portugal Masters, a decorrer na próxima semana em Vilamoura, e admitiu a hipótese de vencer a 10.ª edição do torneio.

“O campo ajusta-se perfeitamente às minhas características e joguei muito bem lá no ano passado. Espero voltar a ter uma boa semana este ano. É claro que regresso para ganhar. É um título que adoraria levar para casa”, disse o jogador em declarações ao European Tour.

No ano passado, Pieters, de 24 anos, terminou a nona edição do Portugal Masters, pontuável para o European Tour, na sexta posição, empatado com outros dois golfistas.

Thomas Pieters é o segundo membro da seleção europeia que disputou a Ryder Cup a confirmar a sua presença no Portugal Masters de 2016, depois do inglês Andy Sullivan, o campeão do ano passado.

O golfista belga, atual 15.º classificado na Corrida para o Dubai, admite conhecer bem o Oceânico Victoria, onde decorrerá a prova, a disputar entre 20 e 23 de outubro.

“O campo pode tornar-se bem longo e isso favorece-me, porque nem toda a gente pode cortar os ângulos a direito e ultrapassar os 'bunkers' nas pancadas de saída. Mas eu posso, conheço muito bem o campo, quase que posso jogá-lo em piloto automático e, depois de ter sido sexto no ano passado, irei ficar desapontado se este não estiver a lutar pelo título”, disse.

Thomas Pieters integrou a seleção europeia que no início de outubro perdeu a 41.ª edição da Ryder Cup.

Os Estados Unidos conquistaram o troféu pela primeira vez desde 2008, pondo fim ao reinado da Europa, vencedora das três edições anteriores (2010, 2012 e 2014).

Na terça-feira, o European Tour anuncia, no Centro Nacional de Formação de Golfe do Jamor, toda a lista de inscritos do 10.º Portugal Masters.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.