Os portugueses Pedro Figueiredo e Stephen Ferreira passaram hoje o 'cut' do Open da África do Sul, prova do circuito europeu de golfe, enquanto Ricardo Santos foi eliminado no final da segunda volta.

Depois de um primeiro dia menos bom, Pedro Figueiredo recuperou hoje das quatro pancadas acima do par do campo de quinta-feira e entregou um cartão com 68 pancadas (quatro abaixo), fechando a segunda volta com um total de 144 pancadas (o par do campo), bem dentro do 'cut'. Nesta segunda volta, Figueiredo não cometeu erros, tendo efetuado quatro 'birdies' (uma pancada abaixo).

Em sentido inverso esteve a prova de Stephen Ferreira, que concluiu o primeiro dia integrado no grupo dos 13.º classificados, com 70 pancadas (duas abaixo), mas, hoje, as 76 pancadas (quatro acima do par) atiraram-no para o grupo dos 51.º classificados. Nesta segunda volta, Ferreira somou apenas um 'birdie', contra cinco 'bogeys' (uma pancada acima).

De fora ficou Ricardo Santos, com uma prestação para esquecer. Depois de na quinta-feira já ter entregado um cartão com 74 pancadas (duas acima), hoje esteve ainda pior, concluindo o percurso em 76 pancadas (quatro acima), resultantes de três 'birdies', três 'bogeys' e dois duplo-'bogeys' (duas acima).

O torneio é liderado por um duo constituído pelo galês Jamie Donaldson e pelo sul-africano Christiaan Bezuidenhout, que contam com um total de 134 pancadas (10 abaixo).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.