Ricardo Melo Gouveia, o golfista português que liderou o Challenge Costa Brava desde a segunda volta, terminou hoje em terceiro lugar no Emporda Golf, depois de concluir a última ronda no Par do campo de Girona, em Espanha.

Melo Gouveia, segundo classificado no ‘ranking’ do Challenge Tour, partiu para os últimos 18 buracos como favorito, tendo em conta a liderança e os dois troféus já conquistados esta época no Challenge Tour, mas a última exibição não foi tão eficaz como as três anteriores e acabou por ver Daniel Hillier, da Nova Zelândia, vencer com 265 pancadas (71+67+62+65), 19 abaixo do Par.

O profissional português ambicionava o terceiro título da época para assegurar uma categoria acima da 14 no European Tour, no próximo ano, que lhe daria acesso a mais torneios, mas na despedida assinou cinco ‘birdies’ (uma abaixo) nos buracos 5, 8, 12, 17 e 18 e outros tantos ‘bogeys’ (uma acima) no 4, 10, 11, 13 e 14 para totalizar 269 pancadas (65+67+66+71).

Com um agregado de 15 abaixo do Par do campo, Ricardo Melo Gouveia, de 30 anos, ficou empatado na terceira posição com o italiano Matteo Manassero, enquanto Hillier conquistou o seu primeiro prémio no Challenge Tour e vai ascender à 18.ª posição na ‘Corrida para Maiorca’.

Concluído o Challenge Costa Brava, o circuito satélite do European Tour chega ao fim, entre os dias 04 e 07 de novembro, com a realização do Challenge Tour Grand Final, no T Golf & Country Club, em Maiorca, onde Melo Gouveia vai lutar pelo sexto troféu da sua carreira e o estatuto de número 1 do ‘ranking’, repetindo assim o feito de 2015.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.