O golfista português Ricardo Santos terminou hoje na 21.ᵃ posição o Open de Foshan, na China, no qual outro português, José-Filipe Lima, foi 24.º.

Caindo 10 posições relativamente ao penúltimo dia da prova, Ricardo Santos entregou um cartão com dois ‘bogeys’ (uma pancada acima do Par) e três ‘birdies’ (uma abaixo), totalizando 278 golpes.

José-Filipe Lima, por seu turno, conseguiu subir duas posições relativamente a sábado, graças a um ‘eagle’ (duas pancadas abaixo), cinco ‘birdies’ e quatro ‘bogeys’, para um total de 279 pancadas.

O inglês Marcus Armitage venceu o Open de Foshan, com 269 pancadas.

Após este torneio José-Filipe Lima caiu uma posição, para 24.º, no ‘ranking’ do Challenge Tour, e Ricardo Santos subiu um lugar na Corrida para Omã, para 44.º, mantendo-se entre os 45 jogadores com acesso à Grand Final (02 a 05 de novembro).

Com o torneio Ras Al Khaimah, nos Emirados Árabes Unidos, ainda por disputar antes da Grand Final, Ricardo Santos tem presença incerta em Omã, ao contrário de José-Filipe Lima.

Após o último torneio serão conhecidos os jogadores que em 2017 acedem ao European Tour, primeira divisão europeia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.