O golfista norte-americano Tiger Woods admitiu na segunda-feira que está a receber ajuda para lidar com a medicação que está a tomar para vários problemas de saúde.

“Estou a receber ajuda profissional para gerir a medicação que tomo para as dores nas costas e distúrbios de sono”, afirmou o golfista num comunicado enviado à agência AP, no qual agradece o apoio de todos os fãs e companheiros da modalidade.

Em 29 de maio, Woods, ex-número um mundial, foi detido na cidade de Jupiter, no sul da Flórida, após ser apanhado a dormir dentro do carro e por, alegadamente, conduzir sob influência de álcool e drogas.

Os testes realizados posteriormente não revelaram a presença de álcool, tendo o jogador dito à polícia que o estado de desorientação e o discurso incoerente que apresentava na altura da detenção foram originados por uma reação adversa a alguns medicamentos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.