Benfica e Sporting apuraram-se hoje para as meias-finais da primeira edição da Taça 1947 de hóquei em patins, que reúne os oito primeiros classificados no final da primeira volta do campeonato.

O Benfica venceu o Óquei Barcelos, por 3-2, afastando os minhotos da prova que se disputa no Pavilhão Municipal do Luso.

A equipa da Luz marcou primeiro, por intermédio de Vieirinha (06), e Luís Querido, de penálti (08), empatou. Também de grande penalidade, mas já na segunda parte, Carlos Nicolia (35) voltou a colocar o Benfica na frente, tendo Lucas Ordoñez dilatado a vantagem.

O Óquei Barcelos reduziu já no último minuto, mas não foi suficiente para passar na prova.

Os ‘leões’, no outro jogo, bateram a Sanjoanense no prolongamento, com um triunfo por 3-5, depois de terem estado em desvantagem (3-2) no tempo regulamentar.

Gonzalo Romero (01) e Alessandro Verona (13) colocaram o Sporting em vantagem frente ao rival de São João da Madeira, presente na prova por ausência do FC Porto, que está em isolamento devido a vários casos positivos de covid-19 no seu plantel.

Depois do intervalo, aconteceu uma reviravolta no marcador com os golos de Alex Mount (27), Pedro Cerqueira (31) e Tiago Almeida (41). A seis minutos do fim, Romero levou o encontro para o prolongamento, altura em que os sportinguistas foram superiores.

Romero marcou no primeiro minuto do tempo extra e Ferran Font ditou o resultado final.

O Sporting fica assim à espera do vencedor da partida entre Juventude de Viana e Sporting de Tomar, agendado para quinta-feira (16:30).

A Oliveirense encontra-se com o Valongo, às 14:00 horas, e desse jogo sairá o adversário do Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.