FC Porto e Benfica defrontaram-se, este sábado, para a 16.ª jornada da 1.ª fase do campeonato nacional de hóquei em patins. No Dragão Caixa, os azuis e brancos golearam por 7-1.

Depois de uma primeira parte equilibrada, nada fazia prever o que iria ser a segunda metade. O FC Porto marcou seis golos em pouco mais de um quarto de hora a um Benfica que foi dominado e se afundou de um modo surpreendente para o ainda campeão nacional e outra vez candidato ao título.

Aos quatro minutos do encontro, Hélder Nunes sticka para a defesa de Pedro Henriques, na recarga Carlo Di Benedetto surgiu ao segundo poste e inaugurou o marcador do clássico de hóquei em patins.

O FC Porto continuou a criar mais oportunidades na partida no primeiro quarto de hora da partida. Mas, o Benfica começou também a crescer na partida e a criar perigo à baliza de Xavi Malián, que aos 12 minutos fez uma grande defesa a evitar o golo do empate, de Gonçalo Pinto.

A sete minutos do intervalo, Zé Miranda igualou o marcador com um remate cruzado de fora da área do jovem hoquista da formação encarnada, que traiu o guardião azul e branco que ainda tocou na bola.

Aos 21 minutos, grande jogada de Roberto di Benedetto, mas Xavi Malián evita a reviravolta com uma grande defesa. Os dragões não quiseram ficar atrás e numa combinação entre Gonçalo Alves com Hélder Nunes, que remata para uma bela defesa de Pedro Henriques.

As duas equipas recolhem aos balneários com o jogo empatado a uma bola. A equipa da casa totaliza sete faltas, contra seis do emblema encarnado.

Chovem golos no Dragão Caixa no segundo tempo

Decorriam três minutos da segunda parte, quando Nil Roca viu o cartão azul por uma falta sobre Gonçalo Alves. Na sequência, Hélder Nunes voltou a colocar o FC Porto em vantagem, de livre direto.

Gonçalo Alves voltou a mexer com o marcador da partida, à passagem do minuto 5'. O número '77' dos dragões aproveitou um ressalto na área para fazer o 3-1 no encontro. Os dragões estavam à frente da partida e a 17 minutos do intervalo, passe de Carlo di Benedetto e Hélder Nunes bisou na partida.

Na jogada a seguir, Edu Lamas faz a 10.ª falta sobre Nicolia. De livre direto, o argentino atirou ao lado da baliza de Xavi Malián, depois do primeiro livre, que tinha terminado em golo encarnado na recarga, teve de ser repetido, visto que, o guardião azul e branco saiu da baliza antes do tempo.

A lei do ex voltou a ser cumprida quando pouco depois, Edu Lamas fez o quinto golo dos dragões.

O FC Porto era dono e senhor do jogo e chegou ao sexto golo por Hélder Nunes, que chegou ao hat-trick no encontro da 19.ª jornada. Pedro Henriques impediu que o desaire fosse maior, a 10 minutos do final, defendendo o livre direto, na sequência da décima falta do Benfica.

Os encarnados ainda voltaram a desperdiçar mais uma oportunidade flagrante, quando, de livre direto, Roberto di Benedetto permite a defesa a Xavi Malián.

Diogo Barata juntou-se ao leque de marcadores dos azuis e brancos, ao fechar o resultado do encontro em 7-1.

O Benfica perdeu, assim, pela segunda vez consecutiva fora de casa, depois do desaire em Valongo (3-2), e ocupa o quarto lugar da classificação geral, com 32 pontos, menos sete do que o FC Porto, terceiro classificado, e menos 11 do que o Sporting, líder isolado do campeonato.

Ficha de jogo

Jogo realizado no Dragão Arena, no Porto.

FC Porto - Benfica, 7-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Carlo Di Benedetto, 05 minutos.

1-1, José Miranda, 18.

2-1, Hélder Nunes, 28 (livre direto).

3-1, Gonçalo Alves, 30.

4-1, Hélder Nunes, 33.

5-1, Edu Lamas, 35.

6-1, Hélder Nunes, 39.

7-1, Diogo Barata, 44.

Com arbitragem de Joaquim Pinto, Fernando Vasconcelos e Victor Gachineiro, as equipas alinharam:

- FC Porto: Xavi Malián, Edu Lamas, Hélder Nunes, Gonçalo Alves e Carlo di Benedetto. Jogaram ainda: Ezequiel Mena, Rafa, Telmo Pinto e Diogo Barata.

Treinador: Ricardo Ares.

- Benfica: Pedro Henriques, Nil Roca, Roberto di Benedetto, Pol Manrubia, Lucas Ordoñez. Jogaram ainda: Gonçalo Pinto, Carlos Nicolia, José Miranda e Diogo Rafaeal..

Treinador: Nuno Resende.

Assistência: cerca de 2.200 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.