O FC Porto garantiu hoje um lugar na final da Taça de Portugal de hóquei em patins depois de vencer o Óquei de Barcelos nos penáltis por 5-4, após o 2-2 no tempo regulamentar e 3-3 no prolongamento.

No Multiusos de Paredes, o Óquei de Barcelos marcou por Alvarinho e Dário Gimenez, enquanto Carlo Di Benedetto e Rafa apontaram os tentos do FC Porto, com o jogo a seguir para prolongamento, fase em que acontecerem mais dois golos, por Miguel Rocha para a equipa de Barcelos e Mena para os ‘dragões’.

Nos penáltis, o FC Porto, recordista de troféus na Taça de Portugal com 17 cetros, foi mais forte, com Gonçalo Alves em destaque, e garantiu um lugar na final de sábado, defrontando o vencedor do jogo de hoje entre o Benfica e a Oliveirense.

Dragões tiveram de suar para vencer o Óquei de Barcelos

O equilíbrio foi a palavra de ordem ao longo de todo o encontro e a equipa de Barcelos esteve até ao último minuto a disputar a presença na final. Mas a eficácia de Gonçalo Alves e a destreza dos guardiões Xavi Malián e Tiago Rodrigues acabaram por ser decisivas para os ‘dragões’.

Mas a história do jogo começou com um Óquei de Barcelos mais inspirado. Numa primeira parte equilibrada, valeu a eficácia de Alvarinho que, aos 11 minutos, não desperdiçou uma oportunidade após passe de Miguel Rocha.

Ainda assim, os primeiros 25 minutos ficaram marcados por um grande número de livre diretos desperdiçados para os dois lados. As duas equipas mostraram que não estavam com a pontaria afinada.

Os minhotos conseguiram controlar a vantagem até ao intervalo, perante alguma pressão da formação ‘azul e branca’.

Após o tempo de descanso manteve-se a tendência de jogo com muitas faltas e consequentes lances de bola parada, mas a eficácia voltou a ser nula.

O FC Porto foi crescendo no jogo e a procura do empate foi-se tornando cada vez mais intensa e, aos 36 minutos, acabaram por conseguir. Após uma assistência de Reinaldo Garcia, Carlo Di Benedetto rematou de primeira à baliza de Conti Acevedo, não dando qualquer hipótese de defesa ao guardião.

O jogo estava ao rubro e no minuto seguinte a formação de Barcelos teve oportunidade de se colocar novamente na frente, mas Malián defendeu uma grande penalidade apontada por Luís Querido.

Os ‘dragões’ acabaram por conseguir fazer a reviravolta nos minutos finais do encontro, por intermédio de Rafa, no entanto, a equipa comandada por Rui Neto não desistiu e, a 20 segundos do final, repôs a igualdade, com um golo de Dario Gimenez, levando a partida para o prolongamento.

Nos primeiros cinco minutos do tempo extra, a formação de Barcelos foi a mais eficaz – marcou Miguel Rocha - enquanto os ‘dragões’ estiveram melhor na segunda parte, com o golo de Ezequiel Mena. A partida seguiu para as grandes penalidades.

Também aqui o equilíbrio foi uma constante, mas no final das contas o FC Porto acabou por ser a equipa menos batida, com o guarda-redes suplente Tiago Rodrigues a entrar para defender a última grande penalidade, garantindo a passagem dos portistas à final.

Jogo disputado no Pavilhão Multiusos de Paredes.

FC Porto – Óquei de Barcelos, 2-2 (3-3 após prolongamento, 5-4 no desempate nas grandes penalidades).

Ao intervalo: 0-1.

No final do tempo regulamentar: 2-2.

No final da primeira parte do prolongamento: 2-3.

No final do prolongamento: 3-3.

Marcadores:

0-1, Alvarinho, 11 minutos.

1-1, Carlo Di Benedetto, 36.

2-1, Rafa, 48.

2-2, Dario Gimenez, 49.

2-3, Miguel Rocha, 52.

3-3, Ezequiel Mena, 58.

Marcadores nos desempates por grandes penalidades:

0-0, Xavi Barroso (ao poste).

0-0, Miguel Rocha (Malián defendeu).

1-0, Reinaldo Garcia.

1-0, Dario Gimenez (Malián defendeu).

2-0, Gonçalo Alves.

2-1, Luís Querido.

2-1, Rafa (Conti defendeu).

2-1, João Guimarães (ao poste).

2-1, Telmo Pinto (ao poste).

2-2, Alvarinho.

2-2, Gonçalo Alves (Conti defendeu).

2-2, Alvarinho (Malián defendeu).

3-2, Gonçalo Alves.

3-3, Luís Querido.

4-3, Gonçalo Alves.

4-4, Luís Querido.

5-4, Gonçalo Alves.

5-4, Luís Querido (Tiago Rodrigues defendeu).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.