Um homem, de 38 anos, foi detido no Funchal por “injúrias e ameaças agravadas” ao árbitro de uma partida de hóquei em patins, informou hoje o Comando Regional da PSP da Madeira.

Em comunicado, a PSP adianta que a detenção do suspeito, natural e residente no Funchal, aconteceu no sábado, no Pavilhão Desportivo dos Barreiros, após a polícia ter sido acionada “por injúrias e ameaças proferidas contra o árbitro da partida”.

A situação levou mesmo à interrupção do encontro entre o Club Sport Marítimo e o Clube Desportivo de Cucujães, para a 19.ª jornada do Campeonato Nacional da III Divisão - Zona Norte - de hóquei em patins.

“Após identificados os autores desta contraordenação, os mesmos foram conduzidos para fora do recinto desportivo no âmbito do regime jurídico da segurança e combate ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos, tendo um deles proferido novas injúrias e ameaças, desta vez contra os polícias, motivo pelo qual foi detido”, lê-se na nota da PSP.

O suspeito foi, posteriormente, presente ao Tribunal Judicial do Funchal, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência.

Ainda de acordo com a PSP, ao autor das injúrias e ameaças proferidas ao árbitro, “caberá também a aplicação de uma contraordenação punida com coima de 1.000 a 10.000 euros” e uma possível interdição a recintos desportivos, sanção essa a ser aplicada pela Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.