O desportista, de 28 anos, já estava com morte cerebral, sem que tenha sido verificada qualquer resposta, quando foi declarado o óbito pelos médicos do hospital de São José, pelas 20:00.

A Federação Portuguesa de Patinagem anunciou o cumprimento de um minuto de silêncio em todos os jogos da modalidade, em memória do hoquista, que antes se transferira na última época do Juventude de Viana.

Segundo o Comando Metropolitano de Lisboa, Banza fora agredido a soco quarta-feira à noite, perto da Igreja de Santos-o-Velho, no cruzamento da Rua de Santos-o-Velho com a Rua de São João da Mata, por um indivíduo não identificado.

Na sequência da agressão, cuja causa se desconhece, caiu ao chão e desmaiou, sendo depois transportado para o Hospital de São José, onde se apurou que bateu violentamente com a cabeça no solo, fazendo um hematoma cerebral.

Depois de várias horas em coma, foi confirmada a morte cerebral do hoquista, e mais tarde declarado o óbito.

Banza, antes de ingressar na Associação Desportiva de Oeiras, representou o Sporting e o Juventude de Viana.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.