Cinco euros é o valor nominal de cada título, tendo sido emitidos 50 000.

A Óquei de Barcelos/Hóquei em Patins SAD terá um capital social de 250 000 euros, sendo 40 por cento pertencentes ao clube.

Esta SAD visa resolver os problemas financeiros que o clube atravessa.

Na apresentação, estiveram presentes os membros do conselho de administração provisório, constituído por Pedro Faria, Artur Sobral, António Augusto Gomes, José Manuel Carvalho e Sérgio Borges.

Na presidência da Assembleia Geral (AG) fica Paulo Pereira, presidente da actual direcção do clube. Dentro de 45 dias haverá uma AG de accionistas e aí será eleito novo conselho de administração.

“Todo o activo do Óquei Clube de Barcelos, desde as escolas aos seniores, passará para a SAD, que assim iniciará a sua actividade a partir do zero”, informou Pedro Faria.

Agora, “o clube terá que gerar receitas para pagar as dividas, em grande parte ao fisco, e para isso a SAD dará a sua ajuda”.

A terminar, o presidente do conselho de administração provisório afirmou que esta decisão aprovada pelos sócios e já legalizada destina-se a “aliviar o clube de um pesado fardo e investir numa equipa forte para recolocar o Óquei de Barcelos no topo”. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.