A selecção portuguesa de hóquei em patins venceu mais facilmente do que pensava a sua congénere alemã por 6-1, em encontro das meias finais do Europeu, e vai defrontar na final de sábado a Espanha.

Depois de na primeira fase ter encontrado mais dificuldades perante os germânicos, anfitriões do torneio, a equipa lusa entrou determinada a não dar grandes hipóteses à Alemanha e isso pôde verificar-se com o resultado ao intervalo, altura em que Portugal vencia por 4-0.

A maior pressão lusa na partida deu os seus frutos logo aos seis minutos, através de Reinaldo Ventura, tendo as esperanças dos alemães praticamente ruído quatro minutos depois, quando Luís Viana ampliou.

O sistema de maior contenção germânico ficou desfeito a partir daquele momento, tendo Ricardo Oliveira, aos 14 e 17 bisado no encontro, e conferido uma tranquilizadora vantagem para Portugal.

No arranque da segunda parte, Ricardo Oliveira (22) fez o seu terceiro golo no encontro, quinto de Portugal, enquanto Luís Viana, aos 32, fez o seu segundo e fechou a contagem para a equipa lusa.

A Alemanha ainda conseguiu, a exemplo do primeiro confronto entre ambos, reduzir e dar uma alegria aos seus adeptos, que encheram o pavilhão em Wuppertal, através de um tento de Jens Berendt, aos 37.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.