O português Fernando Falé é o novo selecionador angolano de hóquei em patins, projeto que o próprio descreveu este sábado à agência Lusa, em Luanda, ter o objetivo de fazer a renovação da seleção e fomentar a formação.

"O objetivo é renovar a seleção ou preparar a seleção para a renovação. Até 2019, queremos iniciar o processo e tentar estabilizar os resultados", explicou Fernando Falé, que garantiu igualmente que assume um projeto por três anos.

O técnico português foi apresentado oficialmente na sexta-feira, em Luanda, pela Federação Angolana de Patinagem, como novo selecionador nacional, cargo a que regressa, depois de em 2005 e 2007 ter levado o ‘cinco’ angolano aos Mundiais nos Estados Unidos e na Suíça, respetivamente.

A reativação do centro especial de treino, para encontros regulares, estágios e treinos da modalidade, que o próprio Fernando Falé lançou em 2005, e uma escola de guarda-redes de hóquei em patins, são objetivos do novo selecionador.

"É um trabalho muito mais profundo do que o imediatismo dos resultados", defendeu Fernando Falé, que terá como adjunto António Victor ‘Duke’.

A seleção angolana, sob a liderança de Fernando Falé, vai disputar o próximo tradicional torneio de Montreux, na Suíça, em abril.

"Até 2019, queremos iniciar a renovação, criar a estrutura e o dinamismo necessário. Com ou sem Fernando Falé, depois logo se vê", rematou o técnico.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.