O Sporting derrotou hoje o Benfica por 7-6, no jogo em atraso da segunda jornada do Grupo B da Liga dos Campeões de hóquei em patins, realizado no pavilhão João Rocha.

O dérbi, que não se jogou em 14 de dezembro por falta de policiamento, terminou com o triunfo ‘verde e branco’ por um golo de diferença, num encontro em que o argentino Nolito Romero foi a figura, apontando um hat-trick para o Sporting.

Com esta vitória, o Sporting passa a liderar o Grupo B, com sete pontos em três jogos, enquanto o Benfica desceu ao segundo lugar, mantendo os mesmos seis pontos.

O jogo no pavilhão João Rocha teve máxima intensidade e várias escaramuças entre jogadores, que a dupla de árbitros espanhóis teve algumas dificuldades em controlar.

O Sporting entrou mais rematador, mas foi o Benfica adiantar-se no marcador aos cinco minutos, na sequência de um remate surpresa de Nil Roca.

Aos oito minutos, uma grande penalidade a favor do Sporting, por falta de Pedro Henriques sobre Toni Perez, resultou num cartão azul para o guarda-redes dos ‘encarnados’.

Na conversão, o jovem guarda-redes Bernardo Mendes travou o remate de Nolito Romero, mas o Sporting chegaria ao empate ainda em ‘power play' por Ferran Font e os comandados de Alejandro Dominguez alcançaram a reviravolta na sequência de novo remate forte de Nolito Romero.

A seis minutos do intervalo, um cartão azul a Alessandro Verona precipitou um livre direto para o Benfica, que Nicolía transformou no 2-2, na recarga após uma primeira defesa de Ângelo Girão.

A segunda parte foi ainda mais emocionante do que a primeira e teve dois golos a abrir, um para cada lado. O Benfica voltou a adiantar-se por Di Benedetto, mas, na resposta, João Souto empatou a três bolas.

Todavia, Nil Roca encontrou uma brecha na defesa para recolocar o Benfica a vencer. Depois, um cartão azul para Ferran Font com o jogo parado deixou o Benfica em superioridade numérica, mas os ‘encarnados’ não ampliaram a diferença e o Sporting voltou à carga, apoiado pelos seus adeptos, e virou o jogo para 5-4, primeiro por Nolito Romero, que empatou num remate de 'raiva' e depois Matias Platero fez o quinto do Sporting.

Só que o Benfica não desistiu e Gonçalo Pinto voltou a igualar o jogo, após um remate surpresa de longe.

De seguida, Nolito falhou uma grande penalidade, permitindo a defesa de Pedro Henriques, mas, na 10.ª falta ‘encarnada’, João Souto enganou o guarda-redes e fez o sexto do Sporting, que ampliou por Nolito Romero.

Um penálti transformado por Lucas Ordoñez ainda permitiu ao Benfica reduzir ainda para 7-6.

Ficha de jogo

Jogo realizado no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting - Benfica, 7-6.

Ao intervalo: 2-2.

Marcadores:

0-1, Nil Roca, 05 minutos.

1-1, Ferran Font, 09.

2-1, Nolito Romero, 17.

2-2, Carlos Nicolía, 19.

2-3, Roberto di Benedetto, 27.

3-3, João Souto, 27.

3-4, Nil Roca, 28.

4-4, Nolito Romero, 36.

5-4, Matias Platero, 36.

5-5, Gonçalo Pinto, 40.

6-5, João Souto, 42 (livre direto).

7-5, Nolito Romero, 43.

7-6, Lucas Ordoñez, 45 (grande penalidade).

Sob a arbitragem de Sergi Maior (Espanha) e David Cantos (Espanha), as equipas alinharam:

- Sporting: Ângelo Girão, Alessandro Verona, Matias Platero, Toni Pérez e Nolito Romero. Jogaram ainda: Ferran Font, João Souto, Facundo Bridge e Henrique Magalhães.

Treinador: Alejandro Dominguez.

- Benfica: Pedro Henriques, Carlos Nicolía, Pablo Álvarez, Nil Roca e Roberto di Benedetto. Jogaram ainda: Bernardo Mendes, Gonçalo Pinto, Diogo Rafael e Lucas Ordoñez.

Treinador: Nuno Resende.

Assistência: cerca de 1.600 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.