Em declarações citadas pela Federação Portuguesa de Patinagem, o antigo internacional português afirma que, em princípio, esta será mesmo a última como jogador: “Esta deverá ser a minha última época como hoquista, existindo apenas um por cento de hipótese de continuar a jogar em 2011/2012. Nunca pensei continuar até tão tarde, o que só acontece porque tenho tido cuidado com a forma física desde muito novo. O meu organismo reage bem e isto deve-se também ao entusiasmo e à paixão que tenho pelo hóquei”.

Para que possa continuar a desempenhar os dois cargos, Tó Neves tem uma ajuda importante da equipa técnica: “A tarefa não é fácil, mas a ajuda da equipa técnica é preciosa. São eles que muitas vezes sugerem que eu seja substituído ou então que entre nos jogos.”.

Para a próxima temporada, o treinador/jogador aponta como objectivo o “quarto, quinto ou sexto lugares”, sendo que considera que a luta pelo título será disputada entre três formações: FC Porto, Benfica e Candelária.

Na temporada que se avizinha, já estão assegurados três reforços para a formação de Oliveira de Azeméis: Diogo Almeida (Gulpilhares), Nuno Araújo (HC Braga) e Francisco Silva (júnior do Porto).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.