O Valongo defronta hoje os italianos do Trissino na final da Liga Europeia de hóquei em patins, em Torres Novas, onde vai tentar suceder ao Sporting no historial da competição, que não contou com alguns dos principais clubes continentais.

A formação valonguense chegou ao encontro decisivo ao impor-se nas meias-finais ao Sporting de Tomar no desempate por grandes penalidades, por 3-1, após o empate 4-4 no final do prolongamento.

Os italianos do Trissino garantiram presença na final, agendada para as 15:00, ao vencerem os compatriotas do Sarzana, por 4-0, num duelo que colocou frente a frente os irmãos Bertolucci, Alessandro e Mirko, treinadores das duas formações.

A atual edição da Liga Europeia de hóquei em patins contou apenas com duas equipas portuguesas, Sporting de Tomar e Valongo, uma vez que Sporting, FC Porto, Oliveirense, Benfica e Óquei de Barcelos se autoexcluíram em desacordo com o novo formato da prova.

Além das cinco formações portuguesas, também desistiram de participar na prova os espanhóis do Noia, FC Barcelona, Liceo da Corunha, Réus e Caldes, os franceses do SCRA Saint-Omer e os italianos do Forte dei Marmi.

O Sporting venceu em 2018/19 e 2020/21 as últimas duas edições disputadas, de uma competição dominada por clubes espanhóis, que somam 46 títulos - 22 dos quais pelo FC Barcelona -, contra oito de portugueses e um de Itália.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.