Os Jogos Asiáticos, o evento multidesportivo da Ásia, cuja próxima edição se deveria realizar, em setembro, na China, foram adiados para data não especificada, anunciou hoje a imprensa oficial chinesa.

Nenhuma razão oficial foi dada, mas a China está a enfrentar um ressurgimento de casos de covid-19 em várias províncias do país.

A competição iria realizar-se em Hangzhou, cidade do leste do país, a menos de 200 quilómetros de Xangai, que é o atual epicentro do surto epidémico no país.

A população de Xangai está sob confinamento há mais de um mês.

“O Conselho Olímpico da Ásia anunciou que os 19.º Jogos Asiáticos, que estavam originalmente programados para o período entre 10 e 25 de setembro de 2022, foram adiados”, disse a televisão estatal CCTV, através da rede social chinesa Weibo.

“As novas datas vão ser anunciadas posteriormente”, acrescentou a mesma fonte, sem mencionar a covid-19.

Os organizadores planeavam aplicar um plano de prevenção baseado nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Inverno, que se realizaram em fevereiro, em Pequim, dentro de uma ‘bolha’ sanitária, que isolou os participantes da população local.

Mas o recente ressurgimento da epidemia não tinha ainda começado.

As autoridades chinesas insistem numa política de ‘zero casos’, que implica o confinamento de bairros, distritos ou cidades inteiras, assim que é detetado um surto, e o isolamento, em instalações designadas, de todos os casos positivos.

Hangzhou, que tem 12 milhões de habitantes, seria a terceira cidade chinesa a sediar os Jogos Asiáticos, depois de Pequim, em 1990, e Cantão, em 2010.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.