O canoísta José Ramalho conquistou na segunda-feira a medalha de bronze na prova curta de canoagem de maratona dos Jogos Mundiais, que decorrem na cidade norte-americana de Birmingham, nos quais Portugal está representado por 47 atletas.

José Ramalho, que terminou atrás do dinamarquês Mads Pedersen e do alemão Nico Paufler, medalhas de ouro e prata, respetivamente, admitiu no final da prova que esperava um resultado melhor.

“Vinha aqui com o objetivo de vencer, mas cometem-se erros que não se podem fazer a este nível (…) Não era o que eu queria, mas amanhã [terça-feira] estamos aqui outra vez para trabalhar para o primeiro lugar”, disse o canoísta, que conseguiu a primeira medalha para Portugal na competição, em declarações divulgadas pelo Comité Olímpico de Portugal.

Maria Gomes disputou a final feminina da mesma prova, tendo terminado na oitava posição, e fez uma avaliação positiva da prestação: “Senti-me bem e cumpri o objetivo do top-10. Sei que ainda sou nova, estou a competir com raparigas mais experientes que eu, mas foi mais um passo na minha carreira”.

Hoje, no lago Oak Mountain, Maria Gomes e José Gomes disputam a prova de distância standard.

A 11.ª edição dos Jogos Mundiais decorre entre quinta-feira e domingo de julho, na cidade de Birmingham, no estado norte-americano do Alabama, após ter sido originalmente prevista para 2021, mas foi adiada durante um ano devido à pandemia de covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.