Seul encorajou hoje os atletas da Rússia a competirem nos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang2018 sob a bandeira olímpica, na sequência da decisão do Comité Olímpico Internacional (COI) de banir o país do evento mundial.

O Governo da Coreia do Sul “espera a participação de muitos atletas russos”, afirmou, em comunicado, o Ministério da Cultura, Desporto e Turismo, que considerou que a participação de atletas russos ia “contribuir significativamente para o sucesso” de PyeongChang2018.

A Rússia foi afastada na terça-feira dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 pelo COI devido à dopagem institucionalizada no país, mas os atletas podem competir em Pyeongchang sob a bandeira olímpica.

Não obstante, tal pode levar a Rússia a incentivar os seus atletas a não participarem no evento, que arranca em 09 de fevereiro em PyeongChang, apesar de o Presidente russo, Vladimir Putin, ter garantido na quarta-feira que Moscovo não vai boicotar os Jogos Olímpicos de Inverno.

“Seguramente, não iremos declarar nenhum boicote, nem impediremos os nossos atletas olímpicos de participarem [nos Jogos Olímpicos de Inverno], se pretenderem fazê-lo a título individual”, afirmou o chefe de Estado russo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.