Escuderia de Castelo Branco (ECB), a comemorar 56 anos, queixa-se dos "enormes transtornos" que a pandemia da covid-19 está a causar e que obrigou já ao cancelamento de seis provas nacionais e internacionais.

A ECB comemora esta quinta-feira o 56.º aniversário com um direto especial, através das redes sociais, devido à pandemia da covid-19.

O presidente da ECB, António Sequeira, salientou os "enormes transtornos" que a pandemia tem causado no funcionamento do clube albicastrense.

"A Escuderia já devia ter feito seis provas nacionais e internacionais até ao momento. Provavelmente, a primeira prova que vamos realizar será o Rali de Castelo Branco, nos dias 04 e 05 de julho", afirmou.

António Sequeira realça os constrangimentos que têm que ser respeitados e a necessidade de se perceber o que se pode ou não fazer.

"Estamos todos dependentes de muitas coisas. Estamos dependentes das câmaras municipais, dos patrocinadores e dos próprios participantes", frisou.

Apesar de todas as condicionantes, o responsável pela ECB diz que da parte do clube há a disponibilidade e vontade para retomar as atividades.

"É fundamental retomar. A Escuderia cumpre um papel social importante e não se pode dar ao luxo de estar parada. Os compromissos são muitos, mas a vontade é imensa", disse.

A ECB comemora esta quinta-feira 56 anos e, apesar de todos os constrangimentos, não quer deixar de celebrar o aniversário.

"Para tal, ao longo do dia, irá acontecer direto especial, através da nossa página de ‘Facebook', com muitas recordações, mostrando também o que preparamos para o futuro, com muita interação, estando assim junto dos sócios, seguidores e população em geral, para que também connosco possam celebrar esta data", explica o presidente da ECB.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.