Depois de uma alteração no programa, que os fez disputar a eliminatória e depois as repescagens, num modelo ligeiramente diferente do original, que previa eliminatória, repescagens, que pretendiam então evitar, e meias-finais, a dupla acabou por assegurar um lugar entre os seis melhores, batendo pela primeira vez a embarcação espanhola, sétima em Tóquio2020.

“Estamos nos seis primeiros, na final, demos mais um passo, sólido, até como equipa. Claro que vamos para as medalhas, não estamos aqui para ser os piores dos melhores, mas os melhores dos melhores”, vincou, na sexta-feira, Afonso Costa, pouco tempo depois de a dupla se ter apurado para a final.

A regata das medalhas realiza-se às 11:26( horas de Lisboa), em prova que conta ainda com a campeã olímpica Irlanda e a medalha de bronze Itália, além de República Checa, Ucrânia e Suíça.

Com dois oitavos lugares conquistados no circuito mundial, a estafeta mista portuguesa de triatlo não esconde também a ambição de conquistar um grande resultado para Portugal na final de domingo.

A equipa portuguesa recuperou Melanie Santos, que foi vítima de uma queda na prova feminina, na sexta-feira, que lhe valeu apenas o 24.º posto, depois de ter andado sempre no grupo das primeiras, tendo a triatleta confirmado estar bem fisicamente para a prova.

“Agora estou melhor. Ontem [sexta-feira] foi um dia muito emocional. Estava a correr-me lindamente, saí da natação no primeiro grupo. No ciclismo também estava no primeiro grupo, com uns 20 segundos de avanço. Era um prognóstico muito, muito bom. Depois, infelizmente, houve uma queda e fiquei bastante condicionada, mas terminei a prova. Não no lugar que queria e ambicionava, mas se me mantivesse no primeiro grupo talvez tivesse conseguido”, disse à Lusa.

Melanie Santos está assim apta a competir no domingo nas estafetas mistas, nas quais vai alinhar ao lado da jovem Maria Tomé, 11.ª na prova feminina, e de João Pereira (sexto na prova masculina) e Vasco Vilaça (13.º), equipa divulgada hoje pelo diretor técnico nacional, José Estrangeiro.

No ciclismo de fundo, Rui Oliveira é o único representante luso na prova masculina, que contará com um total de 209,4 quilómetros, num percurso com início em Murnau A. Staffelsee, tendo os corredores de percorrer 144,4 quilómetros até Munique, onde irão depois cumprir cinco voltas a um circuito de 13 quilómetros até à meta final.

Ao longo do percurso, os corredores apenas vão enfrentar duas dificuldades, a primeira logo nos quilómetros iniciais, situada em Kesselberg, com 238 metros de ascensão e 8% de inclinação, e a segunda perto dos 100 quilómetros, em Schlossberg, com 171 metros e uma inclinação de 18%.

Com uma prova disputada praticamente em plano, a previsão aponta para que o título seja discutido pelos ciclistas mais rápidos, entre os quais poderá figurar Rui Oliveira.

“Será um Campeonato da Europa com um perfil que se adequa às minhas características, embora eu até preferisse um pouco mais duro. Sendo o único representante da seleção, terei de enfrentar a corrida com cautela. A prova será disputada com muita velocidade, prevendo-se uma chegada ao sprint. Estando sozinho, terei de ver a melhor estratégia para estar nos da frente”, afirmou o corredor, em declarações ao site da Federação portuguesa.

O ténis de mesa ainda está a disputar as fases preliminares de singulares femininos, através de Matilde Pinto e Patrícia Santos, e o ciclismo de pista, com a corrida feminina por pontos de 25 quilómetros, na qual compete Daniela Campos, e a prova de eliminação, com Daniel Dias, compõem o restante programa luso para domingo.

A segunda edição dos campeonatos Europeus multidesportos está a decorrer em Munique até 21 de agosto e reúne nove modalidades, estando Portugal representado em sete, nomeadamente atletismo, canoagem, ciclismo, ginástica artística, remo, ténis de mesa e triatlo.

Programa dos portugueses para domingo (horas de Lisboa):

- Ténis de mesa:

10:10: Singulares femininos, gr. 1 / Matilde Pinto, Por - Amelie Silja, Aut

10:10: Singulares femininos, gr. 8 / Patrícia Santos, Por - Mateja Jeger, Cro

- Ciclismo fundo:

10:15: Corrida de fundo masculina, Final - Rui Oliveira.

- Remo:

11:26: Duble-scull ligeiro (LMx2), Final A - Afonso Costa e Dinis Costa.

- Triatlo:

17:00: Estafetas mistas, Final - Joao Pereira, Vasco Vilaça, Maria Tomé e Melanie Santos.

- Ciclismo pista:

18:11: Corrida por pontos feminina, 25 km - Daniela Campos.

- Ténis de mesa:

10:10: Singulares femininos, gr. 1 / Matilde Pinto, Por - Amelie Silja, Aut

10:10: Singulares femininos, gr. 8 / Patrícia Santos, Por - Mateja Jeger, Cro

- Ciclismo fundo:

10:15: Corrida de fundo masculina, Final - Rui Oliveira.

- Remo:

11:26: Duble-scull ligeiro (LMx2), Final A - Afonso Costa e Dinis Costa.

- Triatlo:

17:00: Estafetas mistas, Final - Joao Monteiro, Vasco Vilaça, Maria Tomé e Melanie Santos.

- Ciclismo pista:

18:11: Corrida por pontos feminina, 25 km - Daniela Campos.

19:06: Eliminação masculina - Daniel Dias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.