O português Nuno Reis terminou hoje na quinta posição a prova de juniores da terceira ronda da Taça do Mundo de Downhill (DHI), que se disputou na Lousã.

Apesar de ter melhorado o tempo da qualificação, Nuno Reis terminou o percurso em 4.11,702 minutos, a 4,1 segundos do vencedor, o britânico Ethan Craik.

O espanhol Pau Menoyo foi segundo posicionado, a 2,711 segundos do vencedor, e o norte-americano Christopher Grice fechou o pódio, a 3,593.

Depois de ter conseguido o melhor tempo na qualificação, Gonçalo Bandeira teve um furo, ao bater numa raiz, e acabou na 20.ª posição, a 16,316 segundos de Craik.

Na geral da Taça do Mundo, quando falta disputar uma prova, no domingo, igualmente na Lousã, o irlandês Oisin O´Callaghan manteve-se na liderança, com 120 pontos. Ethan Criak (101) ultrapassou Nuno Reis (90) na segunda posição.

Na prova de elites, o sul-africano Greg Minnaar venceu, em 3.55,239 minutos, seguido do britânico Matt Walker, a 1,833 segundos, e do francês Loic Bruni (Specialized Gravity), a 1,960.

Emanuel Pombo foi 49.º classificado, a 15,582 segundos do vencedor.

Numa prova de elites femininas com 11 participantes, Margarida Bandeira foi 10.ª classificada, a 50,200 segundos da vencedora, a francesa Myriam Nicole, que concluiu a prova em 4.26,325 minutos, menos 4,397 segundos do que a compatriota Marine Caribou e 5,075 do que a britânica Tahnee Seagreave.

Na prova de juniores feminina, a francesa Leona Pierrini ganhou, em 4.59,667 minutos, seguida da também gaulesa Lauryne Chappaz, a 3,952 segundos, e da espanhola Aina González, a 4,874.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.