A Confederação do Desporto organiza esta quarta-feira a 22ª edição da Gala do Desporto para galardoar os atletas portugueses que se destacaram durante o ano 2017. No Casino do Estoril, a sala de eventos vai encher para consagrar os melhores atletas das 60 Federações que estão na alçada da Confederação do Desporto.

Na véspera do evento, o presidente da Confederação do Desporto, Carlos Paula Cardoso esteve à conversa, em exclusivo, com o SAPO Desporto para fazer a antevisão da gala que celebra os 25 anos da criação do organismo que serve de apoio ao trabalho desenvolvido pela Federação. No quarto de século, o presidente recorda a formação da Confederação do Desporto.

“Quando a Confederação foi fundada há 25 anos correspondeu à necessidade das federações disponíveis na altura. Havia uma necessidade para serem representadas que levou à criação de um movimento que originou a instituição que nasceu dentro do Comité Olímpico. A sua presença variou ao longo dos anos. Inicialmente era um órgão de ambiente associativo porque as relações variavam. Houve momentos de maior afastamento entre Federações e a Confederação teve um papel interativo de união. Hoje em dia representamos todas as federações em várias questões técnicas e problemas que as Federações vão tendo defendendo sempre os interesses de todas as Federações".

Como tem sido habitual nos últimos anos, a Gala do Desporto tem cinco categorias onde vão ser eleitos os melhores. Cada categoria tem cinco nomeados que foram escolhidos por um júri com mais de uma centena de jurados. A decisão sobre quem vence está nas mãos do público que tem direito de voto através da internet (Saiba como votar AQUI). Após o apuramento dos resultados da votação online, aberta ao público junta-se a votação dos presentes no evento para apurar os vencedores.

"O lote de nomeado é sempre excelente. Há anos que é mais dificil escolher entre os nomeado (...) mas é sempre um lote muito equilibrado e com qualidade", diz Carlos Paula Cardoso.

As categorias dividem-se em Treinador do ano, Jovem Promessa, Equipa, Atleta Feminina e Atleta Masculino. Os nomeados são provenientes de várias modalidades e foram escolhidos com base nas prestações desportivas que obtiveram no último ano.

'Óscares do Desporto Português' vão a votos até 17 de janeiro
'Óscares do Desporto Português' vão a votos até 17 de janeiro
Ver artigo

Para Carlos Paula Cardoso, o lote de nomeados demonstra bem o que de bom foi alcançado em 2017. Apesar de admitir que a ausência de certas competições pode levar ao destaque de um ou outro atleta, o presidente acredita que existe sempre um lote de nomeados excelentes.

"O lote é sempre excelente. Há anos em que é mais difícil escolher entre os nomeados, mas devo dizer que em nenhum dos anos há muita diferenciação. Há anos em que há menos competição como os anos em que não há Campeonatos do Mundo ou assim que levam a atletas a sobressair mais em relação aos outros nos resultados que conquistam, mas é sempre um lote muito equilibrado e com qualidade", revela ao SAPO Desporto.

Fernando Santos na Gala do Desporto 2017
Fernando Santos na Gala do Desporto 2017 créditos: Confederação do Desporto

O objetivo da Gala do Desporto é reconhecer os atletas que se destacaram em todas as modalidades. No evento deste ano, todos os que conquistaram um título europeu ou mundial têm um lugar marcado no palco perante uma audiência que vai exceder os 500 convidados na Sala de Eventos do Casino do Estoril. O momento da consagração é designado como "O Momento dos Campeões", altura em que o palco se enche de todos os atletas que conquistaram títulos pela Europa e pelo Mundo

"É muito importante para os atletas porque é um momento de reconhecimento mesmo para grandes atletas é um momento muito especial. Há um momento de campeões onde os campeões da Europa e do Mundo estão em palco e sente-se uma onda de reconhecimento. A Gala do Desporto mostra o peso dos atletas nacionais e é um momento único. É ali o momento em que se vê o peso do desporto nacional".

O reconhecimento público pelos feitos desportivos é o mote e o objetivo apesar da promoção de todas as modalidades desportivas sem uma característica bem patente no evento. Os nomeados vão, na sua grande maioria, estar presentes apesar de alguns atletas, por motivos ligados às respetivas carreiras e provas, não puderem marcar presença fazendo-se representar no Estoril.

"Há um momento onde os campeões da Europa e do Mundo estão em palco e sente-se uma onda de reconhecimento. A Gala do Desporto mostra o peso dos atletas nacionais num momento único"

Desengane-se no entanto quem acredita que o futebol será o 'prato principal' da Gala do Desporto. A história das mais de 20 galas demonstram que o 'desporto rei' não é realeza no evento promovido pela Confederação do Desporto, uma vez que as modalidades é que estão em destaque. Contudo, 2017 foi uma exceção devido ao sucesso luso no Campeonato da Europa de Futebol que decorreu em França.

Conheça os finalistas aos prémios de melhores desportistas do ano
Conheça os finalistas aos prémios de melhores desportistas do ano
Ver artigo

"No ano passado, depois do Euro 2016,o futebol teve uma certa predominância em termos de resultados [Renato Sanches venceu a revelação do ano; Fernando Santos o melhor treinador e seleção A venceu melhor equipa], mas o que a história nos diz é que o futebol não tem dominado. Outros atletas e modalidades têm conseguido resultados excelentes como na canoagem, triatlo, atletismo entre outros".

Casino do Estoril recebe a entrega dos prémios
créditos: CDF

Em cada edição é escolhido um tema convidando as federações desportivas a participar dentro do mesmo. A 22ª edição, que vai decorre esta quarta-feira não é diferente apesar de o tema ser subordinada ao lema “CDP, 25 anos ao serviço do desporto”, uma vez que a organização cumpre o seu 25º aniversário.

A entrada na Gala do Desporto não é exclusiva a quem faz parte dos convidados ou nomeados a prémios. Há uma quota parte de lugares disponíveis para quem quiser assistir ao evento, mediante o pagamento de entrada que inclui jantar.  A Gala do Desporto decorre esta quarta-feira no Casino do Estoril. O evento está marcado para às 19h30 e será apresentado pela jornalista Inês Gonçalves que será acompanhada por Jorge Gabriel.

Confira todos os nomeados da 22.ª Gala do Desporto:

Treinador:

  • Hugo Canela - Andebol
  • Jorge Miguel - Atletismo
  • Hélio Lucas - Canoagem
  • Equipa Técnica Campeã da Europa - Surf
  • Lino Barruncho - Triatlo

Jovem Promessa:

  • Evelise Veiga - Atletismo
  • Sérgio Maciel - Canoagem
  • Maria Martins - Ciclismo
  • Bruno Fernandes - Futebol
  • Vasco Vilaça - Triatlo

Equipa:

  • Sporting Clube de Portugal - Atletismo
  • Seleção Nacional A Feminina - Futebol
  • Seleção Nacional Sub-20 de Hóquei em Patins - Patinagem
  • Seleção Nacional de Ténis de Mesa Masculina - Ténis de Mesa
  • Sport Lisboa e Benfica - Triatlo

Atleta Feminina: 

  • Inês Henriques - Atletismo
  • Teresa Portela - Canoagem
  • Cláudia Santos - Desporto para Pessoas com Deficiência
  • Cláudia Neto - Futebol
  • Joana Shencker - Bodyboard

 Atleta Masculino:

  • Nelson Évora - Atletismo
  • Fernando Pimenta - Canoagem
  • Ricardinho - Futsal
  • Miguel Oliveira - Motociclismo
  • Frederico Morais - Surf

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.