O português Kequyen Lam disse hoje à Lusa recordar o momento “magnífico” após terminar, na sexta-feira, a prova de 15 km estilo livre em esqui de fundo dos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018 no 113.º lugar.

Kequyen Lam cumpriu a prova em 54.34,1 minutos, acabando por protagonizar um momento emblemático da competição que decorre na Coreia do Sul, quando esperou na linha de meta pelo último classificado, o mexicano German Madrazo (116.º), juntamente com o marroquino Samir Azzimani (111.º), o colombiano Sebastian Uprimny (115.º) e o tonganês Pita Taufatofua (114.º).

“Foi magnífico, foi incrível terminar esta prova tão dura e estar junto com outros representantes de pequenos países, a partilhar este momento tão especial”, destacou Lam, de 38 anos, nascido em Macau e residente no Canadá.

Após a estreia em Jogos Olímpicos, o farmacêutico ainda não traça metas para o futuro.

“Agora aproveitar estes dias em PyeongChang, depois, quando regressar a casa [no Canadá], veremos o que acontece”, rematou Kequyen Lam.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.