A liga de futebol norte-americano (NFL) fez história, esta quarta-feira, ao eleger uma mulher para integrar a equipa de sete árbitros que vão dirigir a 55.ª edição da final do Super Bowl a 7 de fevereiro, em Tampa, na Florida.

“Sarah Thomas fará novamente história, como a primeira mulher a arbitrar num Super Bowl. Os seus desempenhos superiores e compromisso com a excelência dão-lhe o direito de estar no Super Bowl”, pode ler-se num comunicado da NFL.

Sarah Thomas, de 47 anos, já tinha sido a primeira mulher a fazer parte de forma permanente do grupo de árbitros da NFL, em 2015. Quatro anos depois, em 2019, fez o seu primeiro jogo nos play-offs, no jogo entre New England Patriots e o Los Angeles Chargers.

A equipa de arbitragem da final do Super Bowl será comandada por Carl Cheffers.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.