O piloto português Álvaro Parente (Bentley) recuperou hoje de 45.º e último até ao 12.º posto final nas 24 Horas de Spa-Francorchamps, na Bélgica, prova de resistência do GT World Challenge Europe.

Depois de ter falhado a qualificação de quinta-feira devido a problemas técnicos, a equipa do português, que divide o Bentley da K-Pax Racing com Andy Soucek e Rodrigo Baptista, recuperou de último ao 12.º posto final, a três voltas dos vencedores, da Rowe Racing, Nick Tandy, Earl Bamber e Laurens Vanthoor.

"Sabíamos que teríamos uma prova difícil, depois da qualificação, e também devido à meteorologia, que deixou a pista molhada e fria durante a maior parte da prova. Mas mantivemos um bom ritmo e a equipa esteve muito bem na estratégia e nas paragens nas boxes, o que nos permitiu subir até aos 12 primeiros", afirmou Álvaro Parente.

Ainda assim, o piloto portuense esperava fazer melhor.

"O carro esteve rápido e adaptado às diversas condições. Penso que sem as questões nos treinos, estaríamos entre os pilotos da frente", concluiu Parente.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.