O norueguês Andreas Mikkelsen e o belga Thierry Neuville, em Hyundai i20, terminaram hoje empatados na liderança do rali da Turquia, 11.ª prova do campeonato do mundo, após a disputa da super-especial que marcou o arranque da prova.

Ambos gastaram 2.02,6 minutos a completar os dois quilómetros do troço desenhado na marina de Marmaris.

O sueco Pontus Tideman (Ford Fiesta) fechou os lugares do pódio, a 1,6 segundos da dupla da Hyundai.

"Podia ter sido um pouco mais rápido nalguns pontos, mas também se pode perder o rali neste tipo de troços", afirmou Mikkelsen, que viu o companheiro de equipa realizar exatamente o mesmo tempo.

Por seu lado, Neuville disse ter usado “uma combinação entre pneus duros e macios” e que “esperava perder algum tempo”, pelo que considerou ter conseguido “um bom resultado".

O francês Sébastien Ogier (Citroën C3) foi o quarto classificado, a 1,7 segundos, seguido do irlandês Kris Meeke, o melhor dos Toyota, ele que já tinha sido o mais rápido no shakedown da manhã.

O líder do campeonato, o estónio Ott Tanak (Toyota Yaris), foi apenas sétimo, cedendo já 4,2 segundos para a concorrência.

Na sexta-feira, disputam-se seis classificativas, com 175,14 quilómetros cronometrados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.