O piloto português António Félix da Costa (DS Techeetah) foi promovido à terceira posição na segunda corrida do Mundial de Fórmula E, para carros elétricos, disputada em Diriyah, Arábia Saudita, depois de inicialmente ter terminado na quarta posição.

A penalização do francês Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) após o final da prova disputada na Arábia Saudita, por não ter utilizado o 'attack mode' em tempo útil, promoveu o piloto luso a terceiro, somando 15 pontos, em vez dos anteriores 12.

"Primeiro pódio do ano, estou muito contente. Hoje não tivemos que limpar a pista, o que nos deixava numa posição mais forte para ir à procura de um bom resultado", começou por dizer António Félix da Costa, em declarações à Agência Lusa.

Sobre a corrida, o piloto de Cascais explicou que houve "muitas ultrapassagens, sempre a recuperar, numa corrida muito aquecida, com alguns toques", nomeadamente no seu companheiro de equipa, Jean-Eric Vergne.

O piloto português mostrou-se "muito contente pelo terceiro lugar, é o primeiro pódio da temporada", que lhe vale o quinto lugar do campeonato, a 14 pontos do líder, o holandês Nyck De Vries (Mercedes).

Agora segue-se a corrida em Roma (Itália), a 10 de abril, na qual já terá à disposição o novo carro. "Na próxima corrida já teremos o carro novo e estamos mais confiantes num bom resultado", frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.