O espanhol Dani Pedrosa (Honda), líder do Campeonato do Mundo de MotoGP, assegurou hoje a "pole-position" para o Grande Prémio da Catalunha, batendo o recorde do circuito de Montmelo, com 1.40,893 minutos.

Em vésperas de partir para o seu 200.º Grande Prémio, o piloto espanhol "pulverizou" o recorde da pista espanhola, tendo assinado ainda a sua 44.ª "pole-position" da carreira, a segunda consecutiva da temporada, depois do Grande Prémio de Itália.

A correr em casa, o catalão, que já venceu nesta pista em todas as categorias do motociclismo de velocidade, não deu qualquer hipótese aos seus adversáris, tornando-se ainda no primeiro piloto a cumprir uma volta abaixo dos 1.41 minutos (1.40,893).

A rodar a mais de 168 km/hora, Pedrosa deixou o britânico Cal Crutchlow (Yamaha), segundo, e o seu compatriota Jorge Lorenzo (Yamaha), terceiro, a mais de seis décimos de segundo, enquanto o italiano Valentino Rossi, nove vezes vencedor na Catalunha, gastou mais um segundo do que o vencedor da qualificação, sendo apenas sétimo.

Nas restantes categorias, o domínio foi igualmente espanhol, com Pol Espargaro (Kalex), que vive a apenas cinco minutos do circuito, a assinar a sua segunda "pole-position" do ano em Moto2, dando um sinal de que pode reentrar na luta pelo título, já que apenas ocupa a quinta posição do Mundial.

Em Moto3, a "pole-position" foi para o espanhol Luis Salom (KTM), que superou o seu compatriota Alex Rins (KTM), enquanto o terceiro foi o português Miguel Oliveira (Mahindra), o único não espanhol entre os sete primeiros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.