A Ferrari vai regressar em 2023 ao Mundial de resistência automóvel, na nova categoria Hypercar, após uma ausência que durava desde 1973, seguindo uma estratégia de diversificar as suas atividades, anunciou hoje a equipa italiana.

“A Ferrari confirma mais uma vez o seu compromisso desportivo e a sua determinação em ser protagonista dos grandes eventos do automobilismo mundial [como as 24 Horas de Le Mans]”, referiu, em comunicado, o seu presidente, John Elkann.

Os promotores do Mundial de resistência já saudaram o regresso da Ferrari, recordando que a construtora italiana “tem uma longa e ilustre história nas provas de resistência e em particular nas 24 Horas de Le Mans”, que venceu por nove vezes.

A Ferrari é o sexto fabricante a confirmar o compromisso com a nova categoria Hypercar, que em 2021 se tornará no nível mais alto do Mundial de resistência, ao lado das equipas Peugeot, Glickenhaus, Audi, Porsche e Toyota.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.