Sebastien Vettel terminou em 3.º lugar no Grande Prémio de Fórmula 1 no México e voltou aos pódios. No entanto, nem tudo foi fácil para o piloto da Ferrari.

O alemão mostrou-se impaciente em pista e não foi meigo na hora de reportar diferentes situações via rádio. Primeiro foi com Valteri Bottas, piloto da Williams Mercedes, a quem chamou estúpido.

"É estúpido! Está a travar...", disse Vettel, via rádio, na volta 13, numa altura em que tentava ultrapassar o finlandês para ocupar o 5.º lugar.

Mas o melhor estava guardado para a parte final da prova, quando se envolveu com Max Verstappen, na luta pelo terceiro lugar. O alemão ultrapassou o jovem da Red Bull depois de várias tentativas mas Max ´Mad` Verstappen voltou a fazer das suas e fechou o caminho a Vettel, numa manobra não permitida pelos regulamentos. O alemão teve de sair em frente e não conseguiu consumar a manobra de ultrapassagem, quando faltavam três voltas para o fim. A sua frustração era visível quando cortou a linha de meta, mostrando o dedo do meio a Verstappen.

"Esta mensagem é para Charlie Withing [diretor das provas do Mundial de Fórmula 1]: Vai à m...a", Completou o alemão, via rádio.

No final os comissários acabaram por penalizar Verstappen em cinco segundos pela manobra, o que fez com o jovem piloto da Red Bull perdesse o terceiro lugar para Vettel e caísse para o 5.º posto, atrás do seu colega de equipa, Daniel Ricciardo.

Este não foi um fim-de-semana fácil para Vettel. Antes já tinha chamado "idiota" a Fernando Alonso, da McLaren-Honta e "parvo" a Carlos Sainz, da Toro Rosso.

O Grande Prémio do México em Fórmula 1 foi ganho pelo inglês Lewis Hamilton, que reduziu a desvantagem para o líder do Mundial, Nico Rosberg, segundo este domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.