O piloto português Filipe Albuquerque (Cadillac) perdeu hoje a vitória da classe DPi, a principal, da jornada do campeonato norte-americano de resistência, a Petit Le Mans, em Road Atlanta, devido ao toque de um adversário.

O carro da equipa do piloto de Coimbra acabaria por concluir a prova na quinta posição, a duas voltas dos vencedores, o holandês Renger van der Zande, o australiano Ryan Briscoe e o neozelandês Scott Dixon (Cadillac).

"Pelo quarto ano consecutivo estamos perto da vitória e que alguma coisa acontece e não nos permite alcançar esse feito. É frustrante, mas as corridas são isto mesmo. Nada pode ser dado como certo", lamentou Albuquerque, que faz equipa com os brasileiros Pipo Derani e Felipe Nasr.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.