O piloto português Filipe Albuquerque, que faz equipa com o britânico Phil Hanson num Oreca da United Autosports, venceu hoje as 4 Horas de Le Castellet, em França, e consolidou a liderança das European Le Mans Series.

O piloto de Coimbra saiu da ‘pole position', mas chegou a estar na 12.ª posição, recuperando até ao segundo lugar a duas voltas do final, consumando a ultrapassagem final na derradeira volta.

"Depois de termos errado na estratégia e de vermos a 'pole position' traduzida num 12º lugar, achámos que não seria possível. Foi um balde de água fria. Mas não deitámos a toalha ao chão e focámo-nos em conseguir o melhor resultado possível, a pensar nas contas do campeonato", disse o piloto luso, citado pela sua assessoria de imprensa.

Albuquerque confessou mesmo que, dado o desenrolar da corrida, nunca pensou "chegar à vitória".

"Quando cheguei à traseira do [francês Jean-Eric] Vergne, que liderava a prova, nem queria acreditar. Pressionei o mais que pude para fazê-lo cometer erros. Ele manteve-se forte mas, numa dobragem, arrisquei e consegui uma ultrapassagem espetacular", contou, admitindo que "foi um alívio daqueles".

Com este resultado, o piloto português consegue a segunda vitória consecutiva, depois da conquistada em Spa-Francorchamps (Bélgica), no início de agosto, chegando aos 68 pontos.

Com duas provas por disputar (Monza e Portimão), os segundos classificados estão a 29 de distância.

A próxima corrida serão as 4 Horas de Monza, em Itália, em 10 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.